O papel das coberturas na prevenção da lesão por pressão

O reconhecimento do ônus imenso das lesões por pressão em termos econômicos, sanitários e sociais resultou em esforços consideráveis para reduzir sua ocorrência. Apesar disso, a lesão por pressão ainda ocorre. Nos últimos anos, evidências têm demonstrado que alguns tipos de coberturas, normalmente usadas para tratar feridas abertas têm o potencial de complementar as medidas de prevenção da lesão por pressão padrão e reduzir ainda mais a incidência. 

 

Authors

  • Joyce Black

    Associate Professor of Nursing, University of Nebraska Medical Center, USA

  • Jacqui Fletcher

    Independent wound care consultant , Bedfordshire, UK

  • Keith Harding

    Dean of Clinical Innovation, Cardiff University, Medical Director, Welsh Wound Innovation Centre, Cardiff, UK,

  • Zena Moore

    Lecturer in Wound Healing and Tissue Repair, Royal College of Surgeons in Ireland, Dublin, Ireland

  • Norihiko Ohura

    Professor, Department of Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgery, Kyorin University School of Medicine, Tokyo, Japan

  • Marco Romanelli

    Consultant Dermatologist, Wound Research Unit, Department of Dermatology, University of Pisa, Italy

  • Nick Santamaria

    Professor of Nursing Research, University of Melbourne and The Royal Melbourne Hospital, Melbourne, Australia

Translations